28 de dez de 2012

Boas Festas!

O Espaço Cultural 512 orgulhosamente agradece a todos os amigos, parceiros e colaboradores que fizeram de 2012 um ano loco de especial! Apesar de todos os percalços e dificuldades que enfrentamos com nossa valorosa Prefeitura e com nossa não menos violenta sociedade marginal, seguimos adiante, confiantes e orgulhosos de podermos compartilhar de um Espaço Tempo repleto de alegrias, boa música, arte, comida, bebidas e idéias.
Desejamos que 2013 seja ainda melhor e renovamos nosso compromisso de nos esforçar para que assim seja!
Informamos que estaremos fechados no periodo do dia 23.12 ao dia 03.01.13, reabrindo na sexta dia 04.13 em grande estilo.
Em breve, maiores informações sobre a programação e as novidades!

Boas festas!

1 de out de 2012

Agenda Dezembro


AGENDA DE DEZEMBRO




01 sáb - Barbatrio - mpb/samba
02 dom BAILE BRASA - DJ KAFU
04 ter - Eduardo Pitta & Convidados - Doutor Samba
05 qua - Boteco 512
06 qui - Los 4 amigos - mpb/jazz instrumental
07 sex - James Liberato Mig Trio - jazz fusion
08 sáb - Ale Ravanello BLUES Combo
09 dom - Baile Brasa
11 ter - Nicola Spolidoro Quarteto - instrumental/autoral
12 qua- Boteco 512
13 qui - Nico Bueno Quarteto - jazz instrumental
14 sex - Cavaco Chinês - forró - Centenário de Luiz Gonzaga
15 sáb - Moreno Morais - MPB
16 dom - Circo Pocket Show.
18 ter - Alana Moraes e Gabriel Selvagem - lançamento do disco Amor e Som
19 qua - Boteco 512
20 qui - Los 4 amigos - mpb/jazz instrumental
21 sex - Johnny Was - rock
22 sáb - Itororó - música instrumental

REABRIMOS SEXTA DIA 04 DE JANEIRO DE 2013.

3 de jul de 2012

Tutti Giorni


Bate-papo reúne cartunistas no Espaço Cultural 512

Santiago, Lancast, Edgar Vasquez, Corvo, Gui Moojen e o lendário Nani estarão juntos nesta terça-feira (7/8), a partir das 20h, no Espaço Cultural 512

Na terça-feira (7/8), o Espaço Cultural 512 abrirá as portas para um encontro histórico. Os celebres cartunistas Santiago, Lancast, Edgar Vasquez, Corvo, Gui Moojen e o lendário Nani estarão juntos, participando de um bate-papo sobre o Tuti Giorni, tradicional bar de cartunistas que funcionava no alto do viaduto da Av. Borges de Medeiros e que fechou recentemente. Serão revelados detalhes sobre a história do local, que faz parte da cultura de Porto Alegre, como foi o processo de abertura, curiosidades de fatos ocorridos durante o funcionamento e como o local foi fechado. Durante o bate-papo, os cartunistas estarão desenhando e haverá um coquetel, ao som de Ricardo Pacheco, tocando MPB.
Além disso, durante todo o mês, o Espaço Cultural 512 irá expor os clássicos desenhos que ficavam colados nas paredes do Tutti Giorni.


27 de jun de 2012

7º Festival de Cervejas Artesanais - Edição Inverno


Antecipados somente no local.




O encontro mais esperado do 512 já tem data e hora marcada. Será domingo, dia 23, a partir das 17hs. São 8 cervejarias convidadas apresentando cada uma dois estilos diferentes. São elas: Abadessa (Slava/Export), Barley (Ambar/Natural), Garza (Strong/IPA), Heresia (Pale Ale/Red Ale), Horst & Biermann (Blond/Stout), Rasen (Pilsen/Ambar), WhiteHead (Irish/Witbier), e a convidada especial Província apresentando sua linha artesanal de Red e Weis.
Quer mais? Então tem...
A banda Quarto Sensorial faz a abertura dos trabalhos sonoros a partir das 19h e a Camaleão Black fermenta o swing a partir das 21h.

Agiliza o teu ingresso pois são dois lotes limitados.

1º lote - R$ 40 feminino | R$ 50 masculino (100 unid.)
2º lote - R$ 50 feminino | R$ 60 masculino (150 unid.)
Na hora - R$ 55 feminino | R$ 65 masculino (50 unid.)

Os primeiros 50 ganham copos personalizados do 512!

Mais informações no 51.3212.0229


16 de jun de 2012

Ocupação de Domingo apresenta Circo Pocket Show Psicodelia




O Coletivo de palhaços Anarko-Clowns, advindos de experiências artísticas diversas, vai ao Espaço Cultural 512 apresentar o “Circo Pocket Show Picadeiro”, espetáculo noturno composto por performances, esquetes e cenas de curta duração. O ambiente noturno da boêmia é o cenário em que se passa este espetáculo e os personagens que protagonizam as cenas são palhaços que representam os arquétipos/estereótipos desse ambiente através de situações clássicas da noite. O roteiro é concebido a partir de improvisações baseadas em fatos que ocorrem nos bares da noite, situações preconcebidas e outras destacadas pela observação dos atores em saídas de campo.
A concepção deste trabalho prima pela simplicidade, realçando a imaginação, as propostas e soluções criativas oriundas do jogo teatral dentro da técnica do palhaço, a visão de mundo e a maneira de fazer as coisas a partir da lógica absurda, fantasiosa e ingênua dos palhaços, tendo como eixo principal a atuação e virtuosismo dos artistas.
O coletivo pretende resgatar a função social do palhaço, de relativizar as normas e verdades estabelecidas pelo nosso tempo, expondo as fragilidades e as contradições do ser humano. O palhaço não se condiciona aos conceitos e concepções dados pela nossa realidade e cultura. Está apto e sedento para descobrir e revelar o mundo, as coisas e as relações a cada momento. Por essa razão chega a provocar o riso, à medida que pode “reverter valores e padrões sociais”, trabalhando com a quebra e a ruptura do que já está condicionado, fazendo cair as máscaras sociais, revelando o humano. E nesse sentido, o palhaço além de fazer rir, ‘aperta o coração’ da platéia, conectando o espectador com sentimentos de compaixão, solidariedade, com a ingenuidade e a pureza de cada um. Federico Fellini (1983) diz que: “O clown representa uma situação de desnível, de inadequação do homem frente à vida. Através dele exorcizamos a nossa impotência, as nossas contradições e principalmente a luta ridícula e desproporcional contra os fantasmas de nosso egoísmo, de nossa vaidade e da nossa ilusão”.
Com humor ácido e sarcástico, de conteúdo reflexivo, o conjunto de cenas descrito abaixo constitui nosso espetáculo; o qual consiste em intervenções e jogos com o público. Chamamos de Pocket Show, por não utilizarmos grandes cenários, nem necessitarmos de grande espaço para sua realização.  Sendo assim, o público presenciará ao longo do domingo no bar, cenas individuais, em duplas, trios, quartetos e o quinteto todo reunido, com intervalos entre as cenas. 
As diferentes experiências culturais dos individuos do grupo trazem influências e teorias que compõem e enriquecem o trabalho. Nos orientam no campo teórico: Jacques Lecoq, Philipe Gaulier, Dario Fo, Jesus Jara, Henri Bergson, Bertold Brecht. No campo prático: Jango Edwards, Carlitos, Chacovach, Victor Avalos “Tomate” .

O quê: Circo Pocket Show;
Quando: 17/06 às 19h;
Onde: Espaço Cultural 512 - Rua João Alfredo, 512
Quanto: R$5

9 de jun de 2012

Ocupação de Domingo apresenta Quiçá se Fosse, no lançamento de seu DVD




 Quiçá, se fosse lança seu DVD documental 
“SãoChico” 


 Uma casa isolada no meio da serra. Uma pequena equipe numa Kombi. Vários instrumentos. Dois músicos e suas canções. Das muitas maneiras de se gravar um material, os músicos André Paz e Róger Wiest optaram por algo inusitado: um isolamento de cinco dias no interior de São Francisco de Paula – RS, onde uma equipe formada pelos próprios músicos mais dois amigos produziriam o primeiro material da dupla Quiçá, se fosse


Revisitando elementos presentes na música latino-americana. A quiçá, se fosse faz a utilização de instrumentos étnicos, apresenta diálogos poéticos em letras que fazem referência a grandes escritores, assim como, também mostra ao público as histórias e contextualizações de suas canções. Em um repertório de dez músicas inéditas a dupla apresenta um grade leque de possibilidades sonoras com a ajuda de uma diversificada variedade de instrumentos, equipamentos de efeitos e de loop. 


Já no seu primeiro ano de existencia a dupla recebeu convites importantes e ganhou espaço de destaque em diversas mídias como uma das revelações da música popular de Porto Alegre. 
Pode se citar entre suas apresentações mais relevantes: 
Trilha sonóra da circulação ganhadora do prêmio Mirian Muniz em 2011 que passou por 15 cidades da região sul do país; canja musical do “Encontros com o professor” de Ruy Carlos Ostermann; participação da semana de encerramento da Casa M da Bienal do Mercosul; canja de homenagem a Millor Fernandes no Sarau Elétrico; poket show na rede FNAC; Temporada de reativação das apresentações do teatro Glênio Peres da câmara de vereadores de Porto Alegre. 

Serviço: Ocupação de Domingo com Quiçá, se fosse - Lançamento do DVD;
Quando: 10/06/2012 às 20h;
Quanto: R$7,00
Onde: Espaço Cultural 512 - Rua João Alfredo, 512 - Cidade Baixa



29 de mai de 2012

AGENDA DE JUNHO


A agenda pode sofrer alterações sem aviso prévio.
 
05 ter - Luciano Fortes - MPB
06 qua - Moreno Morais - MPB
07 qui - Los 4 amigos - jazz/mpb instrumental
08 sex - Casablanca - trilhas de filmes
09 sáb - Guinter Vieira - samba/mpb 
10 dom - Edital de Ocupação - Especial Fernando Pessoa

11 seg - #2 Batuque na Cozinha - Noite Nordestina 
 
12 ter - Mila Pulita - música pra namorar
13 qua - Ricardo Pacheco - MPB
14 qui - Itororó - música brasileira instrumental 
15 sex - Domingos Cray - black/soul
16 sáb - Texas Haze - Blues/Jimmy Hendrix
17 dom - Edital de Ocupação - Circo Pocket Show
 
19 ter - Paulinho Mineiro - rock/mpb/autoral
20 qua - Gaspo Harmônica - blues
21 qui - Los 4 amigos - jazz/mpb instrumental
22 sex - Ale Ravanello Blues Combo
23 sáb - Trem Imperial - várias
24 dom - Festa Junina - Show de fraldas Lucas Luz
 
26 ter - Márcio Barbosa - samba/mpb
27 qua - Otávio Segala - MPBest
28 qui - Choro do Rio Grande - chorinho
29 sex - Tonda y Combo - salsa
30 sáb - Moby Dick - especial Led Zeppelin
 
01 dom - 4º FESTIVAL DE CERVEJAS ARTESANAIS - edição de inverno

24 de mai de 2012

Banquinha Fora do Eixo

O Espaço Cultural 512 recebe todas as quintas-feiras a presença da "Banquinha Fora do Eixo", realização do Coletivo Fora do Eixo.

Olha o que eles dizem a respeito:

"A nossa banquinha faz parte da rede de distribuição física de produtos culturais do Fora Do Eixo e é consolidada sobre os princípios de formação de uma rede solidária de produtos culturais. É responsável pela comercialização qualificada dos produtos, sendo a ferramenta usada pela Casa FdE Porto Alegre para fazer o escoamento local de produtos culturais, além de buscar fornecedores qualificados e preços ou serviços que atendam os modelos de negócios oferecidos pelo Fora do Eixo.

A Banquinha está em todos os nossos eventos e nos de produtores culturais parceiros."




10 de mai de 2012

Brasil, 512 anos de batuque na cozinha

Na segunda-feira, dia 14 de Maio, nossa cozinha e salão serão ocupados, dentro da proposta de ocupação de nosso espaço via eixo gastronômico, pelo pessoal da Revista Dilúvio e cia. O projeto chama "Brasil, 512 anos de batuque na cozinha". Uma boa opção para conhecer o nosso brasilzão através do paladar. Não vai ficar em casa vendo Tela Quente, né?



O projeto BRASIL, 512 ANOS DE BATUQUE NA COZINHA tem como objetivo apresentar
a diversidade da cozinha brasileira em cinco noites gastronômicas e culturais. O nome
escolhido é uma síntese pra ilustrar o que é pretendido: diz o nome do país para qual
presta a homenagem; e faz um trocadilho com o nome e endereço do bar e com a data da
descoberta feita por Cabral. Foi justamente a partir do ano 1500 que começa a mistura de
ingredientes e temperos dos três continentes que alicerçam nossa cultura.

Já a expressão “Batuque na Cozinha”, ( samba composto por João da Baiana e
imortalizada na voz de Martinho da Vila) que completa o nome do projeto, nos remete às
sonoridades musicais que pretendemos mesclar a cozinha. A música brasileira será o de
pano de fundo pra acompanhar o menu, através de um set list pré-selecionado pra cada
uma das cinco regiões abordadas. Afinal, a música brasileira, assim como nossa
gastronomia, é fruto desses 512 anos de miscigenação étnica e cultural.

O menu sugerido vai fazer um leve apanhado da cozinha brasileira, com pratos típicos
reinventados por importantes cozinheiros nacionais, como por exemplo Rodrigo Oliveira e
José Maria Meira, e adaptados para as ocasiões propostas aqui neste projeto.

Sarau UPA - Ocupação Eixo Domingo

O projeto que dará início as ocupações dos nossos domingos é o Sarau UPA, produzido pelo grupo de mesmo nome. Ó o que eles dizem:


Grupo UPA!


É um núcleo musical independente com 16 vozes, regido por Federico Trindade, com ênfase na música vocal, percussão e percussão corporal, com arranjos originais feitos especialmente pelo arranjador Pablo Trindade para o grupo.
 
Nasceu em 2009 com a ideia de estudar e renovar a linguagem vocal e corporal através da música coral. É composto majoritariamente por estudantes de música e tem influências de grupos como Expresso 25, Barbatuques, Clube da Esquina, Suíte Montevideo, Stomp e Céu da Boca, que compõem a elite dos grandes conjuntos musicais.


O Grupo participou de três festivais internacionais, em Montevideo (Uruguay) nos anos 2009, 2010 e 2011, do festival de itajaí (2011), tem um show mensal na Casa de Cultura Mário Quintana (de Porto Alegre) desde o segundo semestre de 2011, único classificado no concurso internacional Ameride (08/2012) no qual é o único representante brasileiro.




Sarau do Grupo UPA! no 512

O UPA! e formado por um grupo de músicos, os quais sob regência do maestro Federico Trindade fazem um repertorio essencialmente de MPB com arranjos vocais, instrumentais e percussão corporal.


30 de abr de 2012

Programação semanal - 30 de Abril a 05 de Maio


Os três primeiros colocados (Mostra Colaborativa de Música)

Não foram tantos inscritos, mas também foi apenas uma primeira experiência. E daquelas de prender nosso fôlego para dizer: valeu a pena! Somados os erros, contabilizados os acertos, a conclusão na qual chegamos beira a redundância, um lugar comum: apoiar a nossa produção musical local e autoral é uma grande gratificação e recompensa. Podemos encher nosso peito de orgulho por pensarmos assim e priorizarmos esses músicos. Por aqui, nosso respeito a todos vocês, músicos, público, produtores, incentivadores da cultura.

Deixamos aqui nossos agradecimentos aos queridos Caetano Silveira e Fausto Prado, pelas suas contribuições nos apuros de domingo, tentando nos dizer quem deveria ser o 3˚, 2˚ e 1˚ colocados.

E um agradecimento maior ainda para Iury Barbosa, Duda Fortuna, Rafael Rodrigues, Thiago Kroef, Johny Boy, John Silva, Pâmela Amaro, Os Dionísios, Moreno Morais, Otávio Segalla. Sem vocês, não seria possível.

Abaixo, dá para escutar as três músicas mais bem colocadas, em gravação realizada quando da anunciação e entrega dos prêmios. Curte aí, diz o que tu acha. Produz, nos mostra.


Mestiço (Moreno Morais e Allan Dias Castro) - 1˚ lugar


Registro Geral (Otávio Segalla) - 2˚ lugar


Versão Tupi (John Silva e Pâmela Amaro) - 3˚ lugar


A Mostra Colaborativa de Música foi uma produção da 512 Produções Colaborativas, realização do Espaço Cultural 512 e teve como patrocínio a Cachaça Chica. 

O áudio foi captado pelo obarrigudinho - Unidade Móvel de Registros em Áudio e Imagem, com pré-edição por Rafael Rodrigues "16"

Edital de Ocupação - Eixo Cognitivo

Dando continuidade aos editais de ocupação do Espaço Cultural 512, disponibilizamos agora o Edital de Ocupação - Eixo Cognitivo. Este edital privilegiará projetos/idéias que visem a ocupação de nossos espaços/horários ociosos com oficinas, aulas, grupos de estudo, pesquisa e trabalho, seminários, palestras, trocas de saberes e vivências. Diferente dos outros três editais já abertos, este possui caráter permanente e está aberto sem data limite.

Elabora tua idéia e manda para gente!

O edital completo tu baixa aqui, ó!

Quarta Mercosulina